Como deixar de fumar? É uma questão que muitas mulheres colocam, principalmente quando engravidam.

Naturalmente, que quando uma mulher se encontra em estado de gestação/gravidez tenha mais preocupação com a sua saúde e sobretudo com a do seu futuro filho.
As mulheres têm que ter noção que não é só quando sabem que estão grávidas, que devem deixar de fumar. Aliás devem começar algum tempo antes, mal comecem a pensar em ter filhos.

Deixar de fumar é um passo muito importante não só pelo momento da gravidez, mas também para mudar de hábitos que lhe prejudicam a sua própria saúde.
O momento de gestação é tão bonito que deve aproveitá-lo ao máximo, de uma forma feliz e saudável, ao lado das pessoas que mais ama. Deste modo, comece já a deixar de fumar com as nossas dicas.

Benefícios que obterá após deixar de fumar na gravidez

Mal deixe de fumar a sua pressão sanguínea ficará mais baixa. Para além disso, a sua circulação sanguínea também terá melhorias e diminuirá o risco de vir a ter problemas cardiovasculares.
Após deixar de fumar, conseguirá respirar mais facilmente e sem a tradicional tosse, bem como ser capaz de fazer mais movimentos que outrora a cansava rapidamente.

De um modo geral se parar de fumar na gravidez só lhe trará benefícios saudáveis.

Os problemas que pode causar ao seu filho se continuar a fumar:

Tenha sempre isto presente na sua cabeça: bebés de mães fumadoras têm elevado risco em ter problemas futuramente ou nascerem com deformações.
Muitas crianças que nascem de mães fumadoras têm baixo peso à sua nascença ou podem nascer prematuros e a virem sofrer alguns problemas respiratórios.
Deixar de fumar não é só pensar no seu filho que vem a caminho, mas também nos benefícios que trará à sua própria vida. Deste modo, deixe de fumar na gravidez e obterá um bebé saudável.

Como Para De Fumar Na Gravidez Em 5 Dias?

Dicas para deixar de fumar na gravidez

Pense bem no que quer e se quer mesmo deixar de fumar. Arranje todas as suas forças e inicie esta luta.
Deve começar a perceber o que a leva a não conseguir parar de fumar.
Tente identificar quais os momentos em que fuma mais, ou seja, os momentos em que está mais nervosa ou outros momentos mais stressantes do seu dia-a-dia.
Deve também entrar em contacto com o seu médico de família para ele poder ajudar e aconselhar.
Após ter tudo bem definido na sua cabeça, comece por marcar uma data no calendário para deixar de fumar.

 

Deve mentalizar-se nas várias situações que terá que enfrentar, como pessoas a fumarem ao seu lado e nas dificuldades que vai sentir em resistir ao tabaco.
Retire todos os cigarros existentes em sua casa, no seu carro, na sua carteira, em todos os lugares.

→ → →  Para comprar o livro clique aqui e compre com segurança

Não tente fazer este esforço sozinho. Para conseguir deixar de fumar avise os seus amigos que está a tentar e verá que estes a irão ajudar, não a vão repugnar.
Tente arranjar pessoas em quem confie verdadeiramente e sempre que precisar desabafe. Resista há tentação e ligue a pedir ajuda para ultrapassar esse momento.
Pode tentar também ajuda através de produtos naturais ou medicamentos para deixar de fumar, mas fale primeiro com o seu médico. Não deve tomar medicamentos que na sua constituição tenha substanciam tóxicas para o seu feto.
Assim que decidir deixar de fumar deve também começar a pensar em fazer exercícios apropriados ao seu estado de gestação. Isto levará a ficar mais calma e a que o seu bebé sorria dentro de si.
Deve ter em atenção a alimentação que faz. Sugiro que seja rica em legumes e que beba muita água, pois é essencial para uma gravidez saudável. A água ajudará os seus pulmões a libertarem-se aos poucos do fumo que foi ingerindo ao longo do tempo.

Livro Como Para De Fumar Na Gravidez Em 5 Dias

Este método foi criado para que você, mãe, tenha uma vida saudável e possa dar para seu filho uma vida melhor, sem problemas respiratórios.

No entanto, este método também tem o intuito de ajudar em ambos os sexos. Fumar durante a gestação traz sérios riscos para a saúde da mãe e do bebê.

Ainda assim, nesse período, muitas não abandonam o vício antes de engravidar. Abortos espontâneos, nascimentos prematuros, complicações com a placenta, episódios de hemorragia (sangramento) e bebês abaixo do peso são os casos mais frequentes em mães fumantes.

Para começar, o tabagismo é um dos principais hábitos de vida que pode causar subfertilidade. Já está comprovado cientificamente que as mulheres fumantes, como também os homens, têm menor chance de conceber.

O tabagismo pode reduzir inclusive a quantidade de óvulos nas mulheres (reserva ovariana) e de espermatozoides nos homens.

→ → →  Para comprar o livro clique aqui e compre com segurança

Portanto, esse hábito nocivo já começa a prejudicar mesmo antes da gestação!! Durante a gravidez, os problemas se devem, sobretudo, aos efeitos do monóxido de carbono e da nicotina absolvidos pelo organismo materno e passados para o feto.

Em poucos minutos os batimentos cardíacos do feto aceleram, devido ao efeito da nicotina sobre o seu aparelho cardiovascular.

Pesquisas recentes provam que o fumo também pode danificar os vasos sanguíneos do bebê. O cigarro também deve ser evitado no período de amamentação, pois a nicotina passa pelo leite e é absorvida pela criança.